FATO RELEVANTE – BOLSA ATLETA NÃO-OLIMPICOS – Diário Oficial da União

BOLSA ATLETA NÃO-OLÍMPICOS

Bolsa Atleta

O Ministério da Cidadania também publicou no Diário Oficial da União desta quinta-feira (31.12) a Resolução nº 65, que define os critérios para a concessão de Bolsa Atleta aos atletas das modalidades não olímpicas e não paralímpicas, conforme aprovado pelo CNE na 52ª reunião, em 16 de dezembro.

Fica estabelecido que as modalidades que não integram os programas olímpico e paralímpico do Comitê Olímpico Internacional (COI) e do Comitê Paralímpico Internacional (CPI) podem ter até 15% do orçamento do Bolsa Atleta, nas categorias internacional e nacional, incluindo as modalidades administradas pela Confederação Brasileira de Desportos de Surdos (CBDS) e as tipicamente militares, vinculadas à Comissão Desportiva Militar do Brasil (CDMB).

O secretário nacional de Esporte de Alto Rendimento, Bruno Menezes, destacou o reforço histórico no orçamento do programa garantido para o próximo ano. “Entraremos em 2021 com recursos de R$ 145 milhões para o programa, quando em outras gestões o valor era de R$ 60 milhões por ano. Com clareza, o presidente Bolsonaro atendeu a nossa reivindicação. O Bolsa Atleta é uma das prioridades do governo”, avaliou o secretário.

Terão preferência, entre os atletas selecionados, os três primeiros colocados em campeonatos mundiais homologados pela federação internacional da modalidade; os três melhores colocados em campeonatos pan-americanos e parapan-americanos; e os três melhores colocados em campeonatos sul-americanos.

Diretoria de Comunicação – Ministério da Cidadania

Fonte:  https://www.gov.br/cidadania/pt-br/noticias-e-conteudos/esporte/noticias_esporte/mudancas-no-codigo-brasileiro-antidopagem-entram-em-vigor-nesta-sexta-feira

Download PDF – Diário Oficial da União : RESOLUÇÃO 65

 

 

 

 

Patinação de Velocidade – Cancelamento do Campeonato Brasileiro de Pista de 2020

Tendo esgotado o prazo previsto (23 de outubro) para que as Federações estaduais filiadas à CBHP confirmassem o interesse de seus clubes em participar do Campeonato Brasileiro de Pista de 2020, marcado para os dias 04-06 de dezembro e, após consultas efetuadas pelo CT da Patinação de Velocidade junto à maioria das equipes filiadas, as mesmas – por diversas razões – informaram que não poderiam participar do citado Evento.

 

Com base no exposto, fica cancelado o campeonato em questão e um novo calendário será proposto com base na análise continuada sobre a evolução das condições sanitárias nos estados, para que possamos retomar as atividades da modalidade com a necessária segurança aos participantes.

 

Conforme já anteriormente informado em Comunicado do dia 17 de setembro, caso o Campeonato Pan Americano de nações/2020 – remarcado para janeiro de 2021 – seja confirmado e, se houver uma evolução favorável do quadro da pandemia da COVID-19 no Brasil e na Colômbia, o Comitê Técnico e a Presidência da CBHP estudarão uma forma de convocar a seleção brasileira, tendo em vista que este Evento será classificatório aos I Jogos Panamericanos da Juventude de Cali, em setembro de 2021.

 

Atenciosamente,

 

Moacyr Neuenschwander Junior

Confederação Brasileira de Hóquei e Patinação

Presidente